Arquivo para abril \06\UTC 2015

06
abr
15

A morte não é a maior perda da vida. A maior perda da vida é o que morre dentro de nós enquanto vivemos. (Pablo Picasso)


linhas

Um leve começo para abstração, uma obra para ser abstrata não deve conter formas figurativas, segue um estudo realizado na faculdade de Belas Artes, onde restos de fotografias que tirei na Casa Modernista (lá me emocionei vendo um vídeo contando a história da construção daquela casa…) foram recortadas formando um patchwork com linhas retas, horizontais, verticais, inclinadas, círculos e uma textura feita com a ponta seca do compasso, vários tons de cinza surgiram nessa experiência,  há… como é difícil construir algo abstrato…

Anúncios
01
abr
15

Tanto mar, tanto mar…por Chico Buarque


mar 31_03

Segue mais um estudo de técnica mista de pintura feita no papel telado com aquarela, lápis de cor e um fio 001 de naquim, sempre que termino uma pintura penso numa música, num poema ou pensamento…acho que ajuda a expressar a sensiblidade colocada em cada pintura e a conceituar a construção pictórica, sempre busco inspiração na natureza e em artistas diversos.

Foi bonita a festa, pá
Fiquei contente
Ainda guardo renitente
um velho cravo para mim

Já murcharam tua festa, pá
Mas certamente
Esqueceram uma semente
n’algum canto de jardim

Sei que há léguas a nos separar
Tanto mar, tanto mar
Sei, também, como é preciso,
Navegar, navegar

Canta primavera, pá
Cá estou carente
Manda novamente
algum cheirinho de alecrim

Chico Buarque




Ilustres visitantes

  • 236,316 hits
abril 2015
S T Q Q S S D
« mar    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Atualizações Twitter