Arquivo para maio \28\UTC 2012

28
maio
12

Coleção lingerie…vamos celebrar o amor num Grand Hotel…


Insisto na suavidade e na transparência que só a técnica de aquarela pode proporcionar, onde o azul é mais azul descubro nas aguadas com aquarela … me inspirei nos vestidos longos da década de 50, sofisticado e delicado, para uma noite especial, em um Grand Hotel, seja numa viajem de núpcias ou para algum lugar paradisíaco a noite merece uma lingerie marcante…

Anúncios
24
maio
12

Ilustração de moda com aquarela…


Ilustração feita baseada no catálogo primavera verão da loja Spezzato, utilizei a técnica de aquarela e um leve toque de lápis de cor,  esse look passa um frescor pela leveza do tecido e a suavidade das cores, ideal para um passeio na praia…

22
maio
12

Rosto make retrô…lindo demais…


Mais uma ilustração de rosto, mas dessa vez com a mistura de várias técnicas de pintura…nanquim, lápis de cor, aquarela e claro uma pitada de sensibilidade…

22
maio
12

Rosto aquarelado e delicado…


Ilustração do rosto de Tarsila do Amaral, disciplina Estudos do Corpo, aquarela pura, adorooooo feliz com o resultado…

22
maio
12

Esta sou eu…


Ganhei esta linda homenagem de uma grande amiga, professora e excelente artista! Nancy Szaz

08
maio
12

Sensibilidade aliada com a técnica…


Hoje lendo a reportagem da revista Caras Fashion,   “O traço entre informação e ilusão” escrito por Camila Carvas, me identifiquei muito com o  trecho do texto que transcrevo abaixo para compartilhar com vocês:

“Uma boa ilustração de moda tem senso estético, o movimento e a leveza do tecido, as camadas, as estampas, a cor, cada detalhe de construção. “Um ótimo ilustrador determina o melhor àngulo para não apenas mostrar uma silhueta, mas capitalizar em cima  da “personalidade daquela peça”,  segundo o professor de Design de Moda Gene K. Lakin, do Pratt Institute em Nova York. Todo ilustrador tem um estilo e um olhar que ninguém quer, ou precisa, que mudem. A mágica é que se os dez melhores ilustradores de moda do mundo desenharem um mesmo vestido, o resultado será dez imagens diferentes, todas incríveis de acordo com a sensibilidade e a técnica de cada artista.”

Com o uso facilitado da fotografia (com um iphone na mão qualquer pessoa vira um fotográfo, mas nem todos com um pincel  tornam-se ilustradores)  as pessoas têm direcionado a atenção para as ilustrações feitas à mão tornando-as  mais “percebidas” pelo mercado editorial de moda.

Segue abaixo uma imagem retirada do livro “Fashion Ilustration 1930 to 1970 Bazaar” que chamou a atenção pela delicadeza e simplicidade nos traços. Percebam que o ilustrador (A.G. Bouret) utilizou sabiamente apenas duas cores e linhas em grafite.




Ilustres visitantes

  • 234,193 hits
maio 2012
S T Q Q S S D
« abr   jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Atualizações Twitter